BusinessMãeRelaxando

Relaxando, mas… Sem deixar a paixão pelo empreendedorismo de lado.

posted by Andréa Aguiar Agosto 13, 2015 0 comments

Sexta-feira.

Dia de happy hour, tomar um vinhozinho… descontrair, né?!

Lá em casa, nem toda sexta dá pra sair, encontrar os amigos. Questões de logística. Então, quando ficamos em casa, tentamos pelo menos criar um clima pra dar à sexta uma cara diferente dos outros dias da semana.

Sexta passada decidimos pedir uma comidinha japonesa, que eu AMO, e íamos assistir algum filme no Netflix.

É… Íamos…

Quando ligamos a tv, ela estava no GNT, e ia começar a passar um programa: SOS Salvem o Salão! Aí, a louca aqui, grita pro marido “não mudaaaa”, vamo assistir esse programa, é massa!” Vocês podem imaginar a cara do meu marido me olhando, dizendo que um programa com esse nome, seria massa também, para ELE. *.* Mas, se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida, foi a escolher informações relevantes de acordo com o público alvo. Expliquei o que era legal para ele (escolhendo bem as palavras), e ele topou que nossa noite com clima, fosse assistindo SOS Salvem o Salão!

Gente, sem brincadeira, vocês já assistiram? Esse programa é maravilhoso pra qualquer pessoa que tenha um negócio, ou que pense em ter, ou que simplesmente goste de programas de mudança de vida.

Mariana Weickert e outro apresentador, que é também cabelereiro, Ricardo dos Anjos, chegam num salão que está quase fechando as portas e fazem uma consultoria em todas as áreas do negócio, para que eles saiam do fundo do poço. Eu adoro assistir porque é incrível que independente do ramo do negócio, os problemas são MUITAS vezes, O MESMO.

– Não saber separar as finanças do negócio, das finanças pessoais.
– Ter clientes, mas o negócio não ser sustentável.
– Não saber precificar os produtos.
– Não saber criar parcerias.
– Querer oferecer todos os serviços do mundo, e não contabilizar o investimento necessário para viabilizar o estoque.

Gente, é uma aula! E no final do programa, ver a mudança de ânimo dos proprietários, é incrível.

Quantas e quantas vezes, a gente está cheio de boas intenções, de boas ideias, de planos, mas simplesmente não consegue implementar? Vir alguém de fora, analisar, diagnosticar e propor pequenas mudanças, é capaz de mudar completamente a roupagem e o impacto do negócio.

Até meu marido gostou do programa. Olhaí, acabou sendo um ótimo programa para sexta-feira e para a vida. 🙂

‪#‎businesslover‬

Você também vai gostar de ler...

Leave a Comment