BusinessVisão empresarial

Desapegar é preciso.

posted by Andréa Aguiar Agosto 13, 2015 0 comments

Dia desses, eu falei aqui sobre apego. Esse sentimento que toma conta da gente quando tratamos do que a gente ama. Aquela vontade arrebatadora de dar conta de tudo, de entregar todo o trabalho do nosso jeitinho, com a nossa carinha. Acho que essa é uma característica muito comum entre empreendedores que decidiram abraçar sua paixão como negócio. (Nesse texto aqui eu falei um pouco sobre isso – esse foi um insight que tive na última palestra da Winspiration).

Nunca tinha analisado o apego como um problema ou limitação, pelo contrário. Mas, como nada melhor do que um dia após o outro, e uma antena ligada para o mundo: Abri meus olhos, e vi que seguindo esse caminho não poderia crescer ou mudar muito o que faço hoje, para daqui a 3, 5 ou 10 anos… E eu quero crescer. Em termos empreendedorísticos Emoticon smile, quero escalonar meu negócio.

Em direção a esse objetivo, 1 mês atrás, eu escrevi algumas ações que tomaria a fim de me livrar do apego, e crescer. A primeira foi: além das parcerias, deveria ter alguém para trabalhar comigo diariamente.

Pois bem, para isso, criei um formulário para contratar um estagiário, e divulguei no meu perfil pessoal do Facebook. Criei um formulário porque eu não queria apenas encontrar um profissional com habilidades técnicas para a função. Eu queria ver naquela pessoa, antes de tudo, valores, gostos, motivações com as quais eu me identificasse. Então, elaborei algumas perguntas mais simbólicas, menos técnicas. Não queria saber se el@ mexia no Photoshop, Illustrator, ou sei lá qual programa. Eu queria saber do que aquela pessoa se inspira, do que ela se move. E pá!

Para a minha surpresa, recebi váaaarios formulários preenchidos, um monte de gente interessada, contato de pessoas que nem imaginava que se interessariam. Foi uma surpresa tão boa, que fiquei meio em choque pelo alcance que senti que o meu trabalho tinha sobre aquelas pessoas. Foi massa! E sem falar na qualidade de muitas respostas. Muitas melhores, e mais inspiradoras do que eu esperava. Tive um trabalho danado para selecionar alguns para um entrevista presencial. Ainda estou no processo. Depois, com certeza, vou apresentar @ escolhid@ aqui.
:))

Aí você veja: eu fiz um formulário para contratar estagiário de design, e eu estou lá analisando as respostas, abrindo os links para portfolios online, e de repente, abre um canal do Youtube. Eu procurando o portfolio da criatura, achando que tinha clicado num link errado, quando eu me deparo com a seguinte resposta para um das perguntas que fiz:

“O que te motivou a cursar Design?”
“Então…eu não curso design. E sim RTV Emoticon unsure Mas resolvi responder este questionário porque achei uma maneira criativa de se encontrar um bom estagiário. Precisando de uns bons vídeos, pode me chamar! Emoticon grin

Não preciso nem dizer que dei uma gargalhada, né!? Achei a menina genial! Ela respondeu ao questionário toda fofa, e ainda aproveitou para fazer propaganda do negócio dela, que é de edição de vídeos. Certamente, um canal certeiro para ela ser fornecedora. Nada como vislumbrar oportunidades, né não?! Aproveito e divulgo o trabalho de Ilana Costa para vocês também.

https://www.youtube.com/c/AsaAmigaFilmes

Você também vai gostar de ler...

Leave a Comment