Sem categoria

colocar título aqui #19

posted by Andréa Aguiar Agosto 13, 2015 0 comments

O que é empreender para você?

Por muito tempo não sabia nem responder se eu era ou não uma empreendedora. Apesar de trabalhar por conta própria, apesar de fazer, cuidar e divulgar os meus trabalhos. Porque para mim empreender era vender, ter um mega-negócio com estrutura física, funcionários, e aquele monte de coisa que a gente cria no nosso mundo do “eu não posso”, “eu não consigo”. Essas crenças limitantes que nutrimos dia a dia.

Preciso dizer que esse diário é um exercício diário para mandar pra longe essa voz, que sei lá quem embute na nossa cabeça, tentando nos dizer que não podemos, nos levando a trabalhar para que fiquemos invisíveis, nos achemos menos e não mostre nosso melhor. Acho que cada um tem que arranjar um lixão para mandar essa voz toda vez que ela ousar aparecer.

Pois bem, hoje me olho no espelho e digo “SOU EMPREENDEDORA”. Cheia de orgulho e lágrimas nos olhos. Hoje, empreender para mim tomou um sentido muito além do que manter um negócio próprio. Empreender é atitude. É tomar as rédeas da vida e seguir em frente sendo feliz, apesar de todas as vozes, apesar de todos os desafios.

Aí hoje queria compartilhar uma história que me emociona em dois níveis.

Primeiro, porque é uma história de superação, daquelas que inspira, e que faz a gente enxergar que o mundo é um lugar massa, que a gente só precisa aproveitar as oportunidades que o universo manda, quando a gente deseja. Em um ano, Bia deixou de atender por rótulos “presidiária”, “traficante”, “viciada”. Hoje, Nino, como gosta de ser chamada pode ser o que ela quiser. Hoje, ela tem a vida nas mãos.

Segundo, porque a porta de entrada de Nino para uma nova vida, foi um projeto chamado Trampolim. Ele atende jovens recém-saídos da unidade prisional para menores de idade, dão cursos, e depois os posiciona no mercado de trabalho. Idealizado com a participação do meu marido, não menos empreendedor, me enche de orgulho.

Nino, eu, e talvez você, temos os mesmos sonhos. “Quero ser melhor do que sou hoje”, “que minha filha saiba que ela pode, que ela é capaz”.

O vídeo foi produzido para uma reportagem de Marcionila Teixeira para Diario de Pernambuco, e editado pela minha amiga talento puro, Jaíne Cintra.

Você também vai gostar de ler...

Leave a Comment